Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

ERSE trava pretensões da EDP

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) esclareceu ontem que, face à proposta da EDP de fazer reflectir a redução de pessoal na tarifa, só aceitará “se existirem benefícios evidentes para os consumidores”.
24 de Janeiro de 2007 às 00:00
A EDP anunciou, na apresentação do seu plano de negócios até 2010, que vai propor aquela entidade reguladora transferir os custos da redução dos trabalhadores da distribuição (600) para as tarifas.
Em comunicado, a ERSE diz claramente que a entidade reguladora “está, como sempre, disponível para analisar propostas devidamente fundamentadas e para avaliar se se justificam na óptica do interesse dos consumidores e do de-senvolvimento dos mercados”.
A fixação das tarifas de energia, recorda, é da “responsabilidade exclusiva da ERSE”.
Entretanto, a reguladora espera que terminem negociações entre a Rede Eléctrica Nacional e os produtores, para avaliar os impactos sobre a taxa de variação da tarifa média, assim como sobre as tarifas que se aplicam aos clientes dos diferentes níveis de tensão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)