Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Está a pensar construir casa? Tenha estes dados em consideração

Preços dos materiais e o custo da mão-de-obra subiram.
Lusa 11 de Agosto de 2022 às 13:14
Construção de casas
Construção de casas FOTO: Getty Images
Os custos de construção de habitação nova aumentaram 12,9% em junho, face ao mesmo mês de 2021, com os preços dos materiais e o custo da mão-de-obra a subirem 17,2% e 6,9%, divulgou esta quinta-feira o INE.

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em junho "estima-se que os custos de construção de habitação nova tenham aumentado 12,9% em termos homólogos, menos 0,6 pontos percentuais do que o observado no mês anterior".

No mês em análise, o INE estima que o preço dos materiais e o custo da mão-de-obra apresentaram, respetivamente, variações homólogas de 17,2% e de 6,9%.

No caso dos materiais de construção, verificou-se uma desaceleração de 1,8 pontos percentuais no aumento dos preços, relativamente a abril, enquanto o custo da mão-de-obra acelerou 0,6 pontos percentuais face ao mês anterior.

Entre os materiais que mais contribuíram para esta evolução estão os produtos cerâmicos, com crescimentos homólogos de cerca de 80%.

Já o gasóleo e os aglomerados e ladrilhos de cortiça apresentaram crescimentos homólogos acima dos 30%, enquanto os aços, as madeiras e derivados de madeira e as obras de carpintaria e os tubos de PVC registaram crescimentos homólogos superiores a 20%.

Numa análise à variação em cadeia, a taxa de variação mensal do Índice de Custos de Construção de Habitação Nova (ICCHN) foi 0,4% em junho, enquanto o custo dos materiais diminuiu 0,7% e o custo da mão-de-obra aumentou 2,1%.

INE economia negócios e finanças construção e obras públicas construção civil
Ver comentários