Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Estado em risco de perder dinheiro

O Banco Privado Português (BPP) poderá ainda resultar num prejuízo para o Estado e, por consequência, para os contribuintes. O Banco de Portugal (BdP) está a vigiar as garantias dadas pelo BPP no aval de 450 milhões de euros, já pago pelo Governo aos seis bancos envolvidos. Só que em caso de litígio o reembolso poderá ser penalizado pelo valor dos activos penhorados.
17 de Junho de 2010 às 00:30
O vice-governador Pedro Duarte
O vice-governador Pedro Duarte FOTO: Tiago Petinga/Lusa

"As contragarantias ainda excedem o valor do empréstimo", garantiu ontem no Parlamento o vice-governador do BdP Pedro Duarte Neves, adiantando que "o rácio [entre as garantias e o capital em dívida] tem estado ligeiramente abaixo dos 80%". Ainda assim, reserva algumas cautelas: "Em caso de litigância é difícil sabermos o valor da recuperação desses activos."

Segundo o supervisor, o BdP está atento à avaliação dos bens que compõem as contragarantias, tendo introduzido "alguma prudência" na sua avaliação. Isto porque, revelou o vice-governador, "alguns dos direitos creditícios [dados como garantia] foram avaliados a zero".

Além dos créditos, o BPP entregou como garantias ao aval imóveis, obras de arte e títulos mobiliários. A primeira análise avaliava os bens em 672 milhões de euros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)