Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

"Eu andava ali a apanhar bolas"

Juvenal Peneda reconheceu que não tinha conhecimentos para avaliar o risco dos contratos. Já Joaquim Pais Jorge voltou à Estradas de Portugal.
6 de Setembro de 2013 às 01:00
Juvenal Peneda diz que saiu para deixar o ministério da Administração Interna "tranquilo"
Juvenal Peneda diz que saiu para deixar o ministério da Administração Interna 'tranquilo' FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

O ex-secretário de Estado Juvenal Peneda, demitido na sequência da polémica dos swaps das empresas públicas, reconheceu ontem na comissão de inquérito que não conseguia avaliar o grau de risco dos contratos assinados enquanto gestor da Metro do Porto.

"Eu não tinha conhecimentos para avaliar se os contratos eram bons ou maus. Sou engenheiro eletrotécnico", afirmou. Questionado pelo PCP sobre se assinou de cruz, Juvenal Peneda deixou escapar: "Não estou a aligeirar responsabilidades, votei sim. Se fosse agora chamava especialistas, mas na altura andava ali a apanhar bolas". O ex-gestor explicou ainda que na Metro do Porto todas as decisões eram tomadas por unanimidade, daí ter aceite a contratação dos swaps.

Ainda sobre o efeito dos contratos, o ex-secretário de Estado reconheceu que "havia de facto alto risco", mas adiantou que as operações "poderiam significar uma vida nova para a empresa".

Juvenal Peneda optou por não revelar as justificações que lhe foram dadas para a demissão do Governo, dizendo que saiu para "manter o ministério tranquilo". Sobre a saída dos STCP, a que presidiu, Juvenal Peneda disse sentir--se "desconfortável". Foi ainda ouvida Fernanda Meneses, ex presidente dos STCP, que criticou a opção do Executivo de fechar os swaps.

Já o ex-secretário de Estado do Tesouro, Joaquim Pais Jorge, regressou na segunda feira à Estradas de Portugal, confirmou ao CM a empresa, voltando ao cargo de diretor financeiro para as concessões, mantendo o dossiê das PPP.

Juvenal Peneda swaps secretário de Estado ministério adminstração interna Joaquim Pais Jorge estradas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)