Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Euribor a seis meses cai para mínimos dos últimos seis meses

As taxas Euribor mantiveram esta sexta-feira a tendência de quebra para mínimos de seis meses, com o prazo mais curto a cair 1,208 por cento, indica o 'fixing' diário da Federação Europeia de Bancos.
6 de Janeiro de 2012 às 11:16
O principal indexante em Portugal dos empréstimos à habitação, recuou 0,013 pontos percentuais para 1,560 por cento
O principal indexante em Portugal dos empréstimos à habitação, recuou 0,013 pontos percentuais para 1,560 por cento FOTO: d.r.

A taxa a três meses, utilizada como principal referencial para o crédito às empresas, situava-se naquele valor, depois de ter caído 0,015 pontos percentuais. Já a Euribor a seis meses, o principal indexante em Portugal dos empréstimos à habitação, recuou 0,013 pontos percentuais para 1,560 por cento. Por sua vez, na maturidade mais longa, a um ano, a taxa desceu também 0,013 pontos percentuais para 1,890 por cento.

Os analistas justificam a evolução de descida das Euribor com a possibilidade do Banco Central Europeu (BCE) voltar a cortar a sua taxa de juro de referência para os 0,5 por cento durante este ano. O BCE desceu a sua taxa de juro para um por cento no passado dia 08 de Dezembro.

As taxas Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto  de bancos está disposto a emprestar dinheiro no mercado interbancário.

Euribor taxas juros crédito fixing BCE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)