Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Euribor: Taxas sobem nos prazos mais curtos

As Euribor a um e a três meses estão esta segunda-feira a subir, enquanto a taxa a seis meses segue inalterada e a de nove meses em queda ligeira, segundo o 'fixing' diário da Federação Europeia de Bancos.
1 de Novembro de 2010 às 12:22
Euribor, Crédito à habitação
Euribor, Crédito à habitação

A taxa a três meses, a mais frequente no crédito às empresas, sobe para 1,046 por cento.

Já a taxa a seis meses, a mais frequente no crédito à habitação, permanece estável nos 1,269 por cento, enquanto a taxa a 12 meses desce para os 1,540 por cento.

As taxas Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de bancos está disposto a emprestar dinheiro no mercado interbancário.

Euribor Crédito à habitação
Ver comentários