Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Eurogrupo satisfeito com acordo político em Portugal

Reunião dos ministros das Finanças da zona euro.
8 de Julho de 2013 às 15:19

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, mostrou-se esta segunda-feira, em Bruxelas, "muito satisfeito" com o acordo para assegurar a continuidade a coligação governamental PSD/CDS em Portugal e afirmou ser "crucial" a existência de estabilidade política.

"Estou muito satisfeito por a coligação [governamental] portuguesa estar novamente pronta para continuar o seu trabalho", afirmou Jeroen Dijsselbloem, em declarações aos jornalistas, à entrada para a reunião de ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo), na capital belga.

O presidente do fórum dos ministros das Finanças defendeu que "a estabilidade política é crucial para manter os países [sob programa de ajustamento financeiro] no caminho certo e a trabalhar nos programas", sublinhando que "qualquer instabilidade política será relacionada com a possibilidade de adiamento das decisões".

O líder do PSD e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, anunciou, no sábado, um entendimento político com o CDS-PP liderado por Paulo Portas, proposto para vice-primeiro-ministro com a responsabilidade da coordenação económica, reforma do Estado e ligação à troika.

Portugal estará representado na reunião de hoje do Eurogrupo pela nova ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque.

No encontro, com início agendado para as 15h00 locais (14h00 de Lisboa), Maria Luís Albuquerque - cuja nomeação motivou o pedido de demissão de Paulo Portas de ministro dos Negócios Estrangeiros, mas que foi uma escolha elogiada a nível europeu - deverá colocar os seus homólogos a par a situação portuguesa, naquela que será a sua estreia nos ‘palcos’ europeus como titular da pasta das Finanças.

reunião eurogrupo finanças Jeroen Dijsselbloem crise política europa governo portugal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)