Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Evasão ao fisco valeu 95 mil milhões em 9 anos

Mais de metade da riqueza nacional em fuga aos impostos.
Cristina Rita 3 de Outubro de 2016 às 08:28
Evasão ao fisco valeu 95 mil milhões em 9 anos
Entre 2006 e 2015, a fuga e evasão fiscal em Portugal representaram 95 mil milhões de euros, mais de metade da riqueza produzida num ano no País, segundo uma estimativa feita pelo economista Eugénio Rosa, num estudo agora concluído.

O autor diz que 2009 foi o pior ano para o Fisco, com a perda de 16,8 mil milhões de euros. O especialista fez estas estimativas com base nos dados oficiais do Eurostat e na comparação entre os impostos efetivamente pagos e "os que deviam ser pagos atendendo ao nível de desenvolvimento do País" na União Europeia.

Na comparação entre os anos de 2006 e 2013, registou-se uma quebra substancial nos valores estimados de evasão fiscal: de 12,2 mil milhões de euros para 3,9 mil milhões. Uma realidade que segundo o autor do estudo resulta, por um lado, do "aumento da eficácia" do Fisco, e, por outro, da subida de impostos. De realçar que, entre 2011 e 2014, Portugal teve ajuda externa no valor de 78 mil milhões de euros.

Este estudo foi feito a propósito da polémica sobre o acesso do Fisco às contas acima de 50 mil euros, um decreto vetado pelo Presidente da República.
Portugal Eugénio Rosa Eurostat União Europeia economia negócios e finanças macroeconomia evasão fical
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)