Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Execução orçamental: impostos rendem quase 3 mil milhões

Receita fiscal caiu 5,2.
Diana Ramos 25 de Fevereiro de 2015 às 17:15
A ministra de Estado e das Finanças Maria Luís Albuquerque
A ministra de Estado e das Finanças Maria Luís Albuquerque FOTO: António Cotrim/Lusa

Em janeiro de 2015, a receita fiscal líquida do Estado situou-se em €2 806 milhões, o que corresponde ao terceiro valor mais elevado cobrado num mês de janeiro pelo Estado Português. Ainda assim, o valor representa uma queda 5,2% face à receita arrecadada no mês de janeiro de 2014.

A receita fiscal de janeiro de 2015 regista crescimentos sólidos do IVA (+5,0%), do ISP (+9,3%), do ISV (+32,5%) e do IUC (+9,0%).

No que toca às despesas do Estado, registou-se um aumento de 1,1%, face ao período homólogo. As despesas com o pessoal evidenciam uma diminuição de 1,7% em resultado do efeito base das indemnizações no âmbito do Programa de Rescisões por Mútuo Acordo, parcialmente atenuado pelo efeito de alteração da política remuneratória.

Estado Português execução orçamental
Ver comentários