Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

FEIRA DO EMPREGO NÃO ATRAI SOMENTE OS DESEMPREGADOS

Até amanhã, o Mercado Ferreira Borges será local de romaria para cerca de 20 mil pessoas, na sua maioria jovens. Com um currículo nas mãos, projectos na cabeça e ansiedade no coração, elas procuram trabalho nos cerca de 20 ‘stands’ da “2ª Feira de Emprego do Porto”.
12 de Abril de 2003 às 00:05
Mercado Ferreira Borges
Mercado Ferreira Borges
Embora destinada em primeiro lugar aos desempregados ou aos que buscam o primeiro emprego, a feira acolhe também um numeroso contigente de profissionais que demandam um emprego melhor.
Entidades públicas como a Câmara Municipal do Porto, organismos estatais como a Força Aérea, além de empresas privadas, marcam presença no evento, com ‘stands’ de recrutamento e especialistas em recursos humanos e gestão de pessoal.
Informalizar o contacto, abater as barreiras psicológicas e burocráticas são os principais objectivos desta iniciativa. Segundo um porta-voz da JobFair, a feira “é um espaço de encontro entre empresas com necessidades de recrutamento e os candidatos. Ambos podem assim fazer uma multiplicidade de contactos, diminuindo os custos da operação”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)