Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Ferreira do Amaral: Continuação da austeridade é muito má para o País

O economista João Ferreira do Amaral considerou esta quinta-feira que o ‘Tratado Orçamental’ vai manter a austeridade em Portugal durante vários anos, "o que é muito mau" para o País e defendeu a reorientação da economia nacional.
28 de Junho de 2012 às 20:25
João Ferreira do Amaral: "Isto é a pior coisa para a Europa e para Portugal"
João Ferreira do Amaral: 'Isto é a pior coisa para a Europa e para Portugal' FOTO: Bruno Simão / Jornal de Negócios

"As políticas de austeridade são completamente ineficazes numa política económica como a portuguesa. Mas o Tratado Orçamental vai manter a austeridade durante muitos anos, o que é muito mau para Portugal", referiu Ferreira do Amaral, num encontro sobre Segurança Social, promovido pela CGTP.

Lembrou, a propósito, que a chanceler alemã, Angela Merkel, já disse que a Europa vai ter muitos anos de austeridade pela frente.

"Isto é a pior coisa para a Europa e para Portugal", salientou o economista.

Para Ferreira do Amaral o problema da economia portuguesa "não é financeiro mas sim económico" e advém da destruição do aparelho produtivo e de se ter apostado em sectores pouco voltados para as exportações, o que contribuiu para a acumulação do défice da balança de pagamentos e da dívida externa.

"Isto condicionou o crescimento económico", afirmou, acrescentando que, para inverter a situação, é necessário "reendireitar a economia portuguesa, apostando na dinamização da indústria, da agricultura e do turismo".

joão ferreira do amaral economia austeridade cirse
Ver comentários