Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

FEZ A LEI E VIOLOU-A

O administrador excutivo da Galp Energia, com o pelouro dos Recursos Humanos, terá mandado comprar para si próprio um carro de luxo de valor superior a 65 mil euros, infringindo o regulamento interno.
8 de Outubro de 2004 às 00:43
FEZ A LEI E VIOLOU-A
FEZ A LEI E VIOLOU-A FOTO: d.r.
A viatura, um Volvo XC 90 é um SUV (Sport Utility Vehicle) topo de gama e contraria expressamente as normas de política de segurança automóvel praticadas pela Galp Energia, sancionadas por ele próprio.
No documento ‘Política de Segurança Automóvel’ dita-se no ponto 3.3.1 que, “não é permitida a utilização de motociclos, veículos descapotáveis ou SUV por colaboradores quando ao serviço da empresa”.
O administrador em causa, Nuno Moreira da Cruz, terá ainda autorizado uma colaboradora directa a adquirir uma viatura Mercedes CLK 200 Kompressor, no valor de 45 mil euros, que pelas suas características é igualmente proibida pelo regulamento da empresa.
Moreira da Cruz entrou para a Galp em 2000, quando Bandeira Vieira era presidente da Petrogal, sendo vice-presidentes, Jorge Santos Silva e António Mexia.
Na sua entrada para a Galp terão sido incorporados 15 anos de antiguidade que tinha noutra empresa petrolífera, o que já motivou por parte da Comissão de Trabalhadores uma queixa à Procuradoria.
Contactado o porta-voz da Galp Energia foi dito que o administrador em causa “não desejava prestar qualquer tipo de esclarecimentos”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)