Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Fim dos descontos em passes leva a redução de serviços

O fim do desconto de 25 por cento nos passes dos estudantes entre os quatro e os 23 anos levará a uma redução dos serviços prestados pelos operadores privados e acentuará a quebra na procura, disse o presidente da ANTROP.
26 de Agosto de 2012 às 11:17
"Em alguns casos, face à redução da procura e ao aumento dos custos, as empresas vão ter de reduzir os serviços para poderem sobreviver", afirmou o presidente da ANTROP
'Em alguns casos, face à redução da procura e ao aumento dos custos, as empresas vão ter de reduzir os serviços para poderem sobreviver', afirmou o presidente da ANTROP FOTO: Bruno Simão/Jornal de Negócios

No próximo ano lectivo, os estudantes entre os quatro e os 23 anos vão perder a redução de 25 por cento nos passes, passando o desconto a ser feito de acordo com os rendimentos do agregado familiar, disse à Lusa, a 11 de Julho, o secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro.

Para a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Passageiros (ANTROP), esta medida terá como consequência a redução dos serviços prestados pelas transportadoras rodoviárias.

"Em alguns casos, face à redução da procura e ao aumento dos custos, as empresas vão ter de reduzir os serviços para poderem sobreviver", afirmou à Lusa o presidente da ANTROP, que representa 120 empresas de transporte rodoviário de passageiros.

De acordo com os dados da ANTROP, nos primeiros seis meses deste ano, o número de passageiros transportados caiu 11,3 por cento nas áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto, em comparação com o mesmo período de 2011.

Fora das áreas metropolitanas e no mesmo período, o número de passageiros transportados pelas empresas associadas da ANTROP recuou 6,2 por cento.

"Se quisermos dar uma ideia mais objectiva do número global de passageiros de que estamos a falar, podemos adiantar que, por ano, estaremos a perder cerca de 35 milhões de passageiros", acrescentou o presidente da ANTROP, Luís Cabaço Martins.

O responsável explicou que a redução do apoio do Estado vai induzir uma redução da procura nas áreas metropolitanas que não deverá ser invertida.

Já fora das áreas metropolitanas, existe o regime jurídico do transporte escolar, que funciona através da canalização de verbas do Ministério da Educação para as câmaras municipais e que pode funcionar como um apoio às transportadoras.

"Há o mecanismo do transporte escolar, mas para que ele funcione as câmaras têm de ter dinheiro. Se isto não acontecer, as empresas podem fechar", afirmou Luís Cabaço Martins, recordando que a dívida das autarquias às empresas de transportes totaliza cerca de 60 milhões de euros.

Em Fevereiro, o Governo reduziu de 50 para 25 por cento o desconto feito aos titulares dos passes para estudantes e seniores.

O passe 4_18@escola.tp destina-se a todos os alunos entre os quatro e os 18 anos de idade e está disponível desde Setembro de 2008. O passe sub23@superior.tp, por sua vez, é destinado aos estudantes do ensino superior - público ou privado - até aos 23 anos de idade.

transportes passes descontos antrop 4_18
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)