Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Finanças: Bancos “são sólidos, bem supervisionados”

O Ministério das Finanças considerou esta sexta-feira que os resultados dos testes de resistência aos quatro bancos portugueses como "muito positivos" e que mostram que estes "são sólidos, bem supervisionados" e que os seus accionistas "reforçaram atempadamente os capitais".
23 de Julho de 2010 às 18:20
Ministério de Teixeira dos Santos diz que resultados de testes são muito positivos
Ministério de Teixeira dos Santos diz que resultados de testes são muito positivos FOTO: Lusa

"Os bancos portugueses são sólidos, bem supervisionados, os seus accionistas reforçaram atempadamente os capitais quando necessário durante a crise e  a sua prudente gestão do risco revelou uma muito pequena exposição a activos tóxicos e uma adequada diversificação de risco soberano", diz o Ministério em comunicado.  

As Finanças sublinham que estes resultados confirmam que os bancos nacionais conseguem manter níveis de capital que garantem a sua solidez financeira mesmo quando confrontados com cenários muito adversos.  

"Os resultados são muito positivos para o sistema bancário português, tanto a nível consolidado como individual", afirmam as Finanças, considerando  ainda que assim "fica claramente reafirmada a sua solidez e capacidade de adequadamente financiarem a actividade económica e assim continuarem a contribuir decisivamente para a recuperação do crescimento económico".  

O Ministério defende também que a transparência relativa aos testes "irá certamente contribuir para a confiança necessária para assegurar a  recuperação económica e financeira da União Europeia".  

Por outro lado, as Finanças não deixam de sublinhar que os resultados  dos testes "devem-se, entre outros fatores, às políticas adoptadas em 2008  e 2009 para reforçar o capital dos bancos através de fundos públicos e privados" e que "os mecanismos criados na altura continuam disponíveis e prontos a serem utilizados nas situações em que os impactos revelados pelo teste são mais severos".  

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)