Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Finanças já travaram suspensão da lei das 40 horas nos impostos

Governo suspendeu efeitos da providência cautelar.
26 de Setembro de 2013 às 19:14
Paulo Ralha, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos
Paulo Ralha, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos FOTO: Miguel Baltazar / Jornal de Negócios

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos, Paulo Ralha, disse esta quinta-feira à Lusa que as Finanças já entregaram a declaração de interesse publico relativa às 40 horas, a qual foi aceite pelo tribunal, o que suspende a providência cautelar.

"O Governo já entregou a declaração de interesse público e os argumentos foram acolhidos pelo tribunal, suspendendo" os efeitos da providência cautelar colocada pelo sindicato, que suspendia a aplicação das 40 horas de trabalho para os funcionários dos impostos, disse o presidente do STI.

sindicato finanças lei impostos Governo presidente
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)