Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Fisco acelera inspecções

A Administração Fiscal quer acelerar o ritmo das inspecções. Segundo apurou o CM, numa recente reunião da Direcção Distrital de Finanças de Lisboa, os responsáveis fixaram novos prazos para que sejam realizadas as inspecções aos contribuintes. Os novos directores adjuntos responsáveis por aquele serviço definiram novos prazos.
3 de Maio de 2005 às 00:00
Assim, o tempo médio para uma inspecção externa (aquela em que uma equipa de dois funcionários se desloca ao local do sujeito passivo para analisar as contas) deverá estar completa em dois dias e meio, enquanto ao nível das inspecções internas (onde é o contribuinte que se desloca à repartição de Finanças para mostrar os comprovativos) o ritmo deverá ser o de três acções realizadas em dois dias.
Os assuntos relacionados com a fraude ‘em carrosel’ do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), são aqueles que mais preocupam os serviços de Finanças da capital. Em especial, no que se refere aos sectores da Construção Civil, importação de automóveis e industriais de sucatas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)