Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Fisco controla peixe fresco

O Fisco apertou o cerco aos grossistas e retalhistas de peixe fresco, numa operação que levou ao Mercado Abastecedor da Região de Lisboa (MARL), na madrugada de ontem, 13 inspectores e um aparato policial que envolveu 53 militares da GNR – 22 do Destacamento de Intervenção.
5 de Dezembro de 2010 às 00:30
Operação no Mercado Abastecedor de Lisboa envolveu 53 militares da GNR
Operação no Mercado Abastecedor de Lisboa envolveu 53 militares da GNR FOTO: Vítor Mota

A operação ‘Carapaus Alimados’, assim designada pela Direcção-Geral dos Impostos, culminou com três dos 18 estabelecimentos autuados – dois deles por falta de documentos de compra do pescado – e com uma penhora, ainda que com a intervenção da GNR, que identificou o comerciante por resistência à apreensão do dinheiro resultante das vendas.

Já passavam 45 minutos das duas da madrugada quando as autoridades cercaram o edifício do MARL e os inspectores das Finanças – acompanhados por seis técnicos da Autoridade para as Condições do Trabalho e dois do Instituto de Segurança Social – iniciaram uma acção especial com o objectivo de combater a economia paralela na comercialização de peixe, num dos dias mais fortes de venda.

Para Alberto Santos, inspector tributário, "o resultado desta operação [que envolveu o dobro dos elementos habituais] foi o normal. Este tipo de grossistas normalmente não trabalha em situação ilegal. Já quando fazemos apreensões aos de frutas e legumes, obtemos resultados dez vezes superiores a estes." Horas antes, realizou-se a primeira parte desta acção com uma operação stop.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)