Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

Forte quebra da PT

A Portugal Telecom foi o título que mais penalizou o PSI 20 na sessão de ontem. A operadora de telecomunicações presidida por Henrique Granadeiro fechou a 8,7 euros, com a quebra de 1,69 por cento, e negociou mais de 3,2 milhões de títulos.
5 de Janeiro de 2008 às 00:00
Dos outros pesos-pesados, o BCP caiu 1,09 por cento, para 2,72 euros, enquanto a EDP progrediu 0,66 por cento, para 4,54 euros. A energética foi a empresa que mais papéis negociou: quantidade superior a 16,8 milhões.
A maior valorização foi da Soares da Costa. A construtora foi para 2,13 euros, com o ganho de 3,39 por cento. Seguiu-se o grupo Jerónimo Martins, que fechou a 5,59 euros, mais dois por cento. Na terceira posição ficou a Portucel (subida de 1,38 por cento, para 2,2 euros).
Pela negativa, evidenciou-se a Impresa. O grupo detentor da estação televisiva SIC desvalorizou-se 5,75 por cento, para 1,8 euros. Também mais de cinco por cento perdeu a Galp Energia, que terminou a sessão a 16,94 euros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)