Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Frasquilho: Economia portuguesa tem de se "virar para fora"

Para o presidente da AICEP, Macau e a China são "apostas" de Portugal.
22 de Outubro de 2014 às 12:02
Miguel Frasquilho falou à margem da assinatura de protocolo de cooperação com a Associação Comercial de Macau
Miguel Frasquilho falou à margem da assinatura de protocolo de cooperação com a Associação Comercial de Macau FOTO: Mário Cruz/Lusa

A economia portuguesa tem de se "virar para fora" para aproveitar as oportunidades de evolução e desenvolvimento, disse esta quarta-feira em Macau o presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, Miguel Frasquilho.


"Uma pequena economia como é a portuguesa se não se virar para fora e não aproveitar as oportunidades não conseguirá evoluir e não se desenvolverá. Ora é exatamente isso que nós não queremos", disse aquele responsável em declarações à agência Lusa à margem da assinatura de um protocolo de cooperação com a Associação Comercial de Macau.


Para Miguel Frasquilho, Macau e a China são "apostas" de Portugal como o é o resto do mundo porque a economia tem de conseguir expandir-se para onde for possível.



miguel frasquilho economia portuguesa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)