Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

G7: Crescimento e emprego prioritários

Os ministros das Finanças dos sete países mais industrializados do mundo prometeram este sábado trabalhar em conjunto para apoiar o crescimento e o emprego e reforçar o sistema bancário mundial.
14 de Fevereiro de 2009 às 17:32
O G7 esteve reunido em Roma, Itália
O G7 esteve reunido em Roma, Itália FOTO: d.r.

Em comunicado, os responsáveis do Canadá, EUA, Japão, Grã-Bretanha, Itália, França e Alemanha advertem para os contrafeitos negativos da aplicação de medidas proteccionistas na economia global e sublinham a necessidade de apoiar os países em desenvolvimento para evitar que os mais pobres sejam os principais afectados pela crise.

'A estabilização da economia global e dos mercados financeiros continua a ser a nossa mais alta prioridade', pode ler-se no comunicado, acrescentando que os sete países 'tomaram colectivamente medidas excepcionais' para responder aos desafios.

O G7 apoia as diligências britânicas e norte-americanas para reforçar o sistema bancário através da recapitalização dos bancos e considera que deve ser encontrada uma via para tratar os activos tóxicos das instituições bancárias.

Os ministros das Finanças prometeram ainda estabelecer regras financeiras com princípios comuns de transparência dentro de quatro meses, a tempo da reunião do G8 a realizar em Julho.

Ver comentários