Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Galp e Eni desistem de exploração de petróleo em Aljezur

Empresas dizem que não têm condições.
Raquel Oliveira 30 de Outubro de 2018 às 15:42
Galp
Galp Energia
Galp
Galp Energia
Galp
Galp Energia
A Galp e a Eni anunciaram que abandonam a prospeção de petróleo em frente a Aljezur, já que "as condições existentes tornaram objetivamente impossível" prosseguir as atividades de exploração.

"Apesar de lamentarmos a impossibilidade de avaliar o potencial de recursos offshore do País, as condições existentes tornaram objetivamente impossível prosseguir as atividades de exploração", justificam as duas petrolíferas.

A concessão terminava em janeiro do próximo ano mas estava ainda dependente de um recurso do Ministério do Mar de uma decisão do Tribunal de Loulé que suspendeu o projeto em agosto, no âmbito de uma providência cautelar da Plataforma Algarve Livre de Petróleo.

O contrato entre as petrolíferas e o Estado foi assinado em 2007 e desde 2015 que decorriam os estudos preparatórios no mar.

Segundo a Entidade Nacional para o Mercado dos Combustíveis, até 2016 o consórcio já tinha investido cerca de 70 milhões de euros. O projeto foi fortemente contestado por ambientalistas e autarcas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)