Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Galp recua quase 9% e empurra PSI20 para queda de 1,87%

As acções da Galp recuam 8,79 por cento para 13,55 euros, após a venda de 30 por cento da sua subsidiária brasileira à Sinopec, levando o PSI 20 a perder 1,87 por cento para 5.540,60 pontos.

11 de Novembro de 2011 às 10:14
Ferreira de Oliveira, presidente-executivo da Galp
Ferreira de Oliveira, presidente-executivo da Galp FOTO: Paulo Duarte

Os títulos da petrolífera lideram assim as quedas na bolsa em Lisboa -, ainda assim, a aliviar de um tombo do início da sessão de cerca de 13 por cento - depois do anúncio de que a empresa chinesa Sinopec vai adquirir à Galp Energia 30 por cento da sua subsidiária no Brasil por 4,8 mil milhões de dólares (3,6 mil milhões de euros).

Segundo o comunicado da empresa portuguesa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), esta operação "avalia os actuais activos da Galp Energia no Brasil em 12,5 mil milhões de dólares", onde continuará a deter uma participação de 70 por cento.

Em termos das empresas que mais caem, segue-se o Banif, que perde 2,68 por cento para 0,25 euros, e a Altri, que está a recuar 1,22 por cento para 1,21 euros. Ao contrário, a Brisa está entre as empresas com melhor comportamento esta manhã: as acções da concessionária de autoestradas sobem 1,25 por cento para 2,27 euros.

Na mesma tendência segue o BES, que é o segundo título na tabela dos ganhos, ao recuperar 0,32 por cento para 1,25 euros, no dia que se realiza a assembleia-geral do banco para aprovar o aumento de capital que ajudará a reforçar os rácios da instituição financeira.

Entre os pesos pesados, conta-se ainda a descida da Portugal Telecom, que perde uns ligeiros 0,06 por cento para 4,90 euros, e a 'apatia' da EDP, que está estável nos 2,30 euros. Também sem alterações ao valor de quinta-feira estão os títulos do BCP, a valerem 0,10 euros.

Galp acções bolsa queda
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)