Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Gás compensa com 20 euros

As empresas de gás natural terão de compensar os clientes em 20 euros caso não respondam a uma reclamação em 15 dias. Esta é uma das novas regras impostas às empresas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), algumas das quais entram já em vigor em Julho próximo.
16 de Fevereiro de 2010 às 00:30
Regulador energético impõe novas regras aos comercializadores de gás natural
Regulador energético impõe novas regras aos comercializadores de gás natural FOTO: Osman Orsal/Reuters

A compensação monetária aos clientes entra em vigor em Julho, quando for reduzido o prazo de resposta de 20 para 15 dias. Também no atendimento telefónico, há novas obrigações: se não conseguirem atender um telefone num minuto, terão dois dias no máximo para devolver a chamada.

O novo regulamento prevê ainda informação aos consumidores sobre a nova taxa que poderá ser aplicada pelos municípios a partir do próximo mês de Julho , tal como o CM avançou em Dezembro. Trata-se de uma decisão camarária (ainda não se sabe quais as que vão cobrar pela ocupação do subsolo) mas que irá aumentar a factura mensal de gás natural.

Por outro lado, as empresas são obrigadas a disponibilizar pelo menos dois meios de pagamento de facturas em atraso. É que nestas situações, muitas empresas só permitem que o pagamento seja efectuado aos seus balcões.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)