Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Governo dá mais apoios

O Governo está a trabalhar para fazer com que o apoio dos fundos comunitários às instituições sociais passe dos actuais 75 % para 85 %, garantiu ontem Pedro Mota Soares, ministro da Solidariedade e da Segurança Social, à margem da inauguração do centro social de Carvalhosa em Marco de Canaveses.
25 de Julho de 2011 às 00:30
Pedro Mota Soares com o Bispo do Porto, D. Clemente
Pedro Mota Soares com o Bispo do Porto, D. Clemente FOTO: Hugo Delgado

De acordo com o governante, a medida está prevista no Plano de Emergência Social e prevê que o aumento da comparticipação de verbas do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) incidirá nas obras realizadas por instituições do terceiro sector. "Com isso, reconhecemos a importância destas instituições ao nível da criação de emprego. Acima de tudo, é essencial para aumentar as respostas destas instituições numa altura em que vivemos uma crise que tem obviamente o seu reflexo do ponto vista social", sublinhou o ministro, na primeira cerimónia em que participou no Norte do País.

Mota Soares adiantou que está, igualmente, a trabalhar para simplificar as regras de funcionamento das instituições de solidariedade para "garantir que, com as capacidades instaladas no terreno, possamos chegar a mais pessoas".

PEDRO MOTA SOARES GOVERNO SOLIDARIEDADE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)