Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Governo desmente benefícios para transportadoras

O Governo desmentiu uma notícia divulgada esta segunda-feira, segundo a qual a factura a pagar pelo Imposto sobre Produtos Petrolíferos (ISP) poderia vir a ser menor para as empresas de transportes de passageiros, no âmbito de um pacote de medidas de incentivo à modernização de frotas.
5 de Setembro de 2005 às 11:47
Segundo a edição de hoje do jornal “Diário de Notícias”, uma fonte comunitária referiu que a medida estaria a ser estudada pelo Governo português, estando prevista a sua discussão em Outubro na reunião de ministros de Economia e Finanças da UE. A medida , que poderia ser adoptada por vários países comunitários, visaria reduzir o impacto do preço dos combustíveis nas contas das empresas, estimular a renovação das frotas e travar o uso do transporte particular.
Segundo a mesma fonte, o Governo preparar-se-ia para discutir com as autarquias a questão das áreas de estacionamento junto de zonas de transportes públicos. Em causa, os custos que estes estacionamentos acarretam para o utilizador.
Em reacção à notícia difundida pelo DN, fonte do Ministério das Finanças, citada pela rádio TSF, desmente a informação. Segundo esta fonte governamental Portugal não está a ponderar a iniciativa nem tem qualquer plano de levar a medida à discussão na Ecofin.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)