Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

Governo e ANTRAM ainda sem acordo

A Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) e o Governo ainda não chegaram a acordo sobre a implementação de medidas que minimizem o impacto dos aumentos dos preços dos combustíveis no sector dos transportes rodoviários de mercadorias. Apesar de tudo, não fecham a porta às negociações, que vão prosseguir até ao final da semana.
9 de Junho de 2008 às 19:30
Mário Lino, Ministro dos Transportes
Mário Lino, Ministro dos Transportes FOTO: d.r.

No final da reunião realizada esta tarde, que durou cerca de duas horas e meia, o Ministro dos Transportes, Mário Lino, em declarações aos jornalistas, assegurou que até ao final da semana deverá apresentar um “pacote de medidas” a fim de combater a actual crise causada pelos constantes aumentos dos preços dos combustíveis.

Também o presidente da ANTRAM, António Mousinho, confirmou no final da reunião que o Governo e a associação vão continuar a reunir-se ao longo da semana para tentarem obter um acordo o mais rápido possível.

Entre as reivindicações apresentadas pela comissão mediadora dos transportadores estão: a criação do gasóleo profissional, com equiparação de preços Portugal/Espanha, a diferenciação positiva fiscal, ajudas de custo e o incentivo à renovação das frotas.

Milhares de camiões de transporte de mercadorias estão em greve desde a passada sexta-feira, em todo o País, como forma de protesto das empresas do sector contra a crise causada pelo aumento dos preços dos combustíveis.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)