Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Governo equaciona criação de 'bad bank'

Portugal está a estudar a criação de um ‘bad bank’ estatal para gerir os créditos à habitação tóxicos detidos pelos bancos portugueses, de acordo com uma notícia avançada pelo ‘Wall Street Journal’, que cita fontes governamentais.
4 de Novembro de 2011 às 17:43
Bancos portugueses tinham já proposto ao Governo a criação de um veículo estatal para agrupar os créditos concedidos pela banca às empresas públicas
Bancos portugueses tinham já proposto ao Governo a criação de um veículo estatal para agrupar os créditos concedidos pela banca às empresas públicas FOTO: Pedro Elias/Jornal de Negócios

"Evitar uma crise de crédito é uma preocupação muito séria nesta altura", refere a fonte governamental citada pelo jornal norte-americano, segundo a qual "a criação de um 'bad bank' será uma boa solução".   

O diário norte-americano escreve que o Estado português deverá comprar estes activos com desconto, sendo que vários detalhes na criação deste veículo, como a dimensão do mesmo, estão ainda a ser avaliados.  

De acordo com o 'Wall Street', este plano de criação de um ’bad bank’ será discutido com a 'troika' - Banco Central Europeu (BCE), Fundo Monetário Internacional (FMI) e Comissão Europeia (CE) -, que a partir de segunda-feira  estará em Lisboa para uma nova revisão ao programa de ajuda externa a Portugal. 

O jornal refere que os bancos portugueses tinham já proposto ao Governo a criação de um veículo estatal para agrupar os créditos concedidos pela banca às empresas públicas, de forma a libertar dinheiro para que os bancos financiassem outros sectores da economia portuguesa, mas que Passos Coelho rejeitou a hipótese.   

Todavia, o Executivo está agora a estudar implementar este ‘bad bank’, mas com outro tipo de activos, nomeadamente, crédito à habitação de baixa qualidade.   

O primeiro-ministro afirmou anteriormente que o programa precisava de um ajustamento, pois não contemplava o problema de financiamento das empresas públicas, de acordo com o ‘Wall Street Journal’.  

O objectivo deste plano, conclui o jornal, será o de evitar uma crise de crédito em Portugal e financiar as empresas públicas, que não conseguem obter crédito no exterior e enfrentam necessidades de financiamento de 3 mil milhões de euros ainda este ano.  

bancos banca wall street journal bad bank
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)