Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Governo tem plano B para o Novo Banco se negociação falhar

Sérgio Monteiro, consultor do Banco de Portugal na venda, diz que Lone Star fica sem dividendos por oito anos.
Diana Ramos 24 de Maio de 2017 às 01:30
Sérgio Monteiro, que foi secretário de Estado no anterior Governo, chegou a ser criticado pelo BE durante a audição
Sérgio Monteiro
Sérgio Monteiro
Sérgio Monteiro, que foi secretário de Estado no anterior Governo, chegou a ser criticado pelo BE durante a audição
Sérgio Monteiro
Sérgio Monteiro
Sérgio Monteiro, que foi secretário de Estado no anterior Governo, chegou a ser criticado pelo BE durante a audição
Sérgio Monteiro
Sérgio Monteiro
Sérgio Monteiro, ex-secretário de Estado do Governo PSD/CDS e que trabalhou como consultor do Banco de Portugal na venda do Novo Banco, admitiu no Parlamento que se os detentores das obrigações do banco travarem o negócio o Governo tem um plano B para a instituição.

A deputada centrista Cecília Meireles perguntou o que acontece se os donos dos 500 milhões de euros de obrigações que serão usados para cobrir perdas dos ativos maus do Novo Banco. Sérgio Monteiro atrapalhou-se e justificou-se com o interesse público. "Não é que os planos B não existam, mas manda a prudência que não se revelem." Mas admitiu que está convicto da adesão dos investidores.

Aos deputados, Sérgio Monteiro adiantou que o processo de venda à Lone Star, após a assinatura do contrato a 31 de março, esteve parado devido às providências cautelares entregues por grandes investidores.

O consultor do Banco de Portugal explicou também que o cenário de venda em bolsa do Novo Banco caiu por terra porque o auditor externo manteve reservas às contas da instituição.

Já sobre o banco mau – que será coberto por uma almofada de capital e que acarreta riscos para o Fundo de Resolução – Sérgio Monteiro rejeitou disponibilizar números sobre potenciais perdas, mas lembrou que a Lone Star está impedida, durante oito anos, de distribuir ativos. Se o fizer, frisou, a garantia dos bancos desaparece.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)