Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Governo vai procurar “mecanismo para responder a desemprego”

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou esta segunda-feira que, na sequência da quarta avaliação ao programa de assistência financeira a Portugal, "ficou de se encontrar um mecanismo" para responder "a alguns segmentos de desemprego", que não especificou.
4 de Junho de 2012 às 15:58
Passos Coelho afirmou que Governo está a preparar medidas para combater o desemprego, em particular dos jovens
Passos Coelho afirmou que Governo está a preparar medidas para combater o desemprego, em particular dos jovens FOTO: Tiago Petinga/Lusa

Em declarações aos jornalistas, em São Bento, Pedro Passos Coelho afirmou que, "no âmbito deste quarto exame regular" ao cumprimento do Programa de Assistência Económica e Financeira a Portugal, "ficou de se encontrar oportunamente um mecanismo que possa responder especificamente a alguns segmentos de desemprego".

Segundo o primeiro-ministro, esse "mecanismo" é necessário "enquanto as medidas estruturais não produzem efeitos sobre o crescimento e enquanto a própria actividade económica não oferece maiores oportunidades de emprego".

Passos Coelho acrescentou que o objectivo do Governo é que "aqueles que hoje estão na situação de desemprego possam ter, do ponto de vista da preparação profissional, ou mesmo do conforto social, alguma resposta pública que possa ajudar durante este período as pessoas que estão em situação ou de salários mais baixos ou de maior risco laboral a encontrar uma segunda resposta".

Antes, Passos Coelho afirmou que o facto de o aumento do desemprego ter superado as previsões "levou o Governo a conduzir, para este quarto exame regular, uma avaliação mais rigorosa sobre o mercado de trabalho, de modo a possibilitar a adopção de medidas específicas que possam amortecer o efeito social mais negativo que o desemprego está a provocar".

Em seguida, o primeiro-ministro referiu que "há várias medidas que o Governo tem vindo já a preparar, algumas delas até destinadas sobretudo aos jovens", incluindo no quadro europeu.

"Houve mesmo um envolvimento com outros sete países europeus mais afectados por esse flagelo que conduziu no âmbito da reprogramação estratégia dos fundos europeus, nomeadamente do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), ao apoio a um programa em específico destinado aos jovens portugueses", assinalou.

passos coelho governo troika desemprego segmento mecanismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)