Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Grécia: Contas do Estado sem liquidez em Junho

Um jornal grego noticia, nesta segunda-feira, que um documento enviado pelo presidente da República aos partidos políticos dá conta das dificuldades de liquidez a partir de Junho, se a Grécia não receber a próxima tranche de ajuda financeira internacional.
14 de Maio de 2012 às 11:57
Os Estados-membros da União Europeia opõem-se a continuar a pagar os empréstimos enquanto o país não conseguir consenso na formação do novo governo saído das eleições de 6 de Fevereiro
Os Estados-membros da União Europeia opõem-se a continuar a pagar os empréstimos enquanto o país não conseguir consenso na formação do novo governo saído das eleições de 6 de Fevereiro FOTO: EPA

De acordo com o jornal de Atenas ‘Ta Nea’, a informação sobre as contas do Estado foi apresentada pelo presidente da República, Carolos Papoulias, aos líderes dos partidos políticos no domingo, durante as negociações para a formação de governo de unidade que decorrem na capital grega.

Os Estados-membros da União Europeia opõem-se a continuar a pagar os empréstimos enquanto o país não conseguir consenso na formação do novo governo saído das eleições de 6 de Fevereiro.

"É possível que o governo não possa pagar salários e pensões desde o início de Junho porque a tranche de maio sofreu um corte de mil milhões de euros e porque a colecta de impostos foi mais baixa do que a que estava prevista no orçamento", escreve o jornal ao referir-se ao documento fornecido líderes partidários pelo chefe de Estado.

A Grécia vive um momento político conturbado e a impossibilidade de formação de Governo até quinta-feira, quando a nova composição do parlamento se reunir pela primeira vez, obrigará à marcação de novas eleições em Junho.

grécia zona euro dívida estado ajuda financeira tranche troika
Ver comentários