Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Grécia vai permitir venda de produtos fora de prazo

A Grécia decidiu aprovar uma medida que está a causar polémica: passa a ser possível a venda de alimentos caducados a um preço inferior face aos originais.
15 de Outubro de 2012 às 21:45
De fora desta medida ficam a carne e os lacticínios
De fora desta medida ficam a carne e os lacticínios FOTO: Rui Miguel Pedrosa

O decreto-lei acaba de permitir esta regulamentação que autoriza supermercados e mercearias a vender bens depois de passado o prazo de validade.

Quem reagiu mal à notícia foram as associações de consumidores gregas que já vieram a público mostrar-se contra a medida, apelidando-a de “imoral”, dizendo que o Executivo só deu luz verde porque é incapaz de travar a escalada do custo dos bens essenciais.

Apesar disso, de fora desta acção ficam a carne e os lacticínios, esclarece a agência EFE.

O Governo fez entretanto saber que a regulamentação já existia e que a única diferença no decreto-lei é a venda a preços mais baratos dos produtos expirados.

Entre Agosto de 2011 e Agosto de 2012, os bens alimentares da Grécia não pararam de subir. Por exemplo, o açúcar subiu 15% no preço, a manteiga 3,2% e o café 5,9%.

alimentos produtos grécia validade supermercados alimentação bens essenciais açucar manteiga café
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)