Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Greve ameaça parar TAP

Os sindicatos dos trabalhadores da TAP e a empresa estão em pé-de-guerra e a troca de acusações não pára. Sem consenso, os cinco sindicatos da TAP marcaram uma greve que arranca amanhã.
27 de Agosto de 2009 às 00:30
Sindicatos prevêem que greve  tenha adesão superior aos 90%
Sindicatos prevêem que greve tenha adesão superior aos 90% FOTO: Inácio Rosa/Lusa

Os motivos para a greve prendem-se com a falta de diálogo e a intenção da administração, liderada por Fernando Pinto, de vender a Groundforce. Os trabalhadores garantem que será uma greve "histórica", com adesões acima dos 90%. A paralisação está marcada para amanhã e Sábado e em Setembro está marcada nova greve, nos dias 11 e 12.

Os sindicatos acusam Fernando Pinto de "arrogância e prepotência" e acusam ainda o Governo de planear usar a Portway para assegurar o transporte de passageiros. A TAP já garantiu que tudo fará para assegurar que os passageiros não sejam prejudicados.

Para a transportadora, o pré-aviso de greve é uma "declaração de guerra".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)