Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Greve pára 75% dos comboios

A greve dos revisores e operadores de bilheteira da CP fez ontem parar 75% dos cerca de 700 comboios diários da empresa. A paralisação repete-se na próxima sexta-feira, por causa de nova greve dos maquinistas, mas os efeitos deverão começar a sentir-se logo no final do dia de quinta-feira.
31 de Maio de 2011 às 00:30
Na sexta-feira é a vez de os maquinistas da CP pararem
Na sexta-feira é a vez de os maquinistas da CP pararem FOTO: direitos reservados

O Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante, que convocou o protesto de ontem, contesta o facto de não ter sido posto em prática o acordo assinado, a 21 de abril, entre a CP e os sindicatos do sector, motivo que estará igualmente na base da greve de sexta-feira. Também ontem, o Metro do Porto apresentou os resultados do ano passado, tendo registado um prejuízo de 351,7 milhões, o que traduz um agravamento de 19,6% face a 2009. Em Lisboa, a linha azul do Metro encurtou os comboios para apenas três composições a partir das 21h30.

CP GREVE TRANSPORTES REVISORES OPERADORES
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)