Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Greve sentida já hoje

Os efeitos da greve geral nos transportes públicos começam a ser sentidos já hoje a partir do final da tarde. Para amanhã, estão previstos serviços mínimos na CP, Transtejo/Soflusa, Carris, STCP e Metro do Porto.
13 de Novembro de 2012 às 01:00
O Metro de Lisboa pára às 23h20
O Metro de Lisboa pára às 23h20 FOTO: Natália Ferraz

O Metropolitano de Lisboa, o único transporte sem serviços mínimos, encerra hoje as suas portas a partir das 23h20 e só volta a reabri-las às 06h30 de quinta-feira. As ligações fluviais param também a partir das 23 horas (Barreiro) de hoje, enquanto os serviços urbanos da CP em Lisboa e na cidade do Porto deverão sofrer perturbações. Também o Metro do Porto prevê perturbações a partir das 22h00 de hoje.

Amanhã, prevê perturbações na linha amarela (D), entre o Hospital de S. João e Santo Ovídio, e entre a Estação da Senhora da Hora e a Estação do Estádio do Dragão. No serviço rodoviário do STCP, estão asseguradas as linhas nocturnas (1M, 4M, 5M, 7M e 10M) e 10% das restantes. 

GREVE GERAL TRANSPORTES ALTERNATIVOS PARALISAÇÃO
Ver comentários