Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Há mais carros a passar rios à boleia de barcos

Duplicaram veículos transportados por embarcações no Tejo.
Wilson Ledo 9 de Junho de 2019 às 08:37
Barcos que ligam Troia a Setúbal transportaram quase 29 mil viaturas até março
Rio Tejo
Barcos que ligam Troia a Setúbal transportaram quase 29 mil viaturas até março
Rio Tejo
Barcos que ligam Troia a Setúbal transportaram quase 29 mil viaturas até março
Rio Tejo
Há mais carros a atravessar o Tejo dentro dos barcos que fazem a travessia do rio. Nos primeiros três meses do ano, foram 7371 os veículos nesta situação, mais do dobro que no mesmo período do ano passado (3479).

A tendência registada em Lisboa é revelada pelos últimos dados disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) sobre a atividade dos transportes.

A tendência de aumento do número de viaturas dentro dos barcos que fazem a travessia dos rios sente-se em todo o país, à exceção do Minho.

É no rio Sado, onde se faz a ligação entre Setúbal e Troia, que se regista o maior número de carros a bordo de barcos. Até março foram 28 905 viaturas, mais 4622 do que em termos homólogos.

No rio Minho, que já representa um movimento internacional, foram 2532 os carros a entrar a bordo. Face ao primeiro trimestre de 2018, foram menos 208 automóveis.

Na análise do INE entram também a ria de Aveiro (3545 carros) e o rio Guadiana (199 viaturas), ambos a crescer face ao ano passado.

Além dos carros, o INE contou o número de motos e bicicletas que viajaram de barco nestes cinco rios. Neste caso, a variação homóloga (77%) também é expressiva.

De janeiro a março, entraram a bordo 8893 motos e bicicletas, mais 3879 face ao mesmo período de 2018.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)