Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

INDÚSTRIA RECONSIDERA PREÇOS

Os orizicultores esperam que o diferendo com os industriais sobre o baixo preço oferecido pelo arroz, na actual campanha, seja resolvido na próxima semana.
19 de Outubro de 2002 às 00:10
Depois de na passada semana os produtores terem acusado a indústria de estar a fazer “especulação e chantagem”, ao propor preços inferiores ao preço de intervenção fixado pela Comissão Europeia, “algumas empresas já subiram os preços para 30 cêntimos o quilo”, diz Carlos Laranjeira, da Associação dos Orizicultores de Portugal.

Mesmo assim, “há ainda uma minoria de empresas que mantém os preços inferiores a 28 cêntimos”, afirma aquele dirigente. A maior preocupação dos orizicultores é que cerca de um terço da produção de arroz foi entregue aos industriais sem ter sido acordado o preço. Carlos Laranjeira confia que, no decorrer da próxima semana, seja definido um preço.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)