Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Intel multada em 1,06 mil milhões de euros

Tal como já era esperado, a Intel foi esta quarta-feira condenada pela Comissão Europeia a pagar uma multa recorde de 1,06 mil milhões de euros no âmbito de um processo por violação da concorrência.
13 de Maio de 2009 às 11:09
Intel multada em 1,06 mil milhões de euros
Intel multada em 1,06 mil milhões de euros FOTO: d.r.

A decisão comunicada esta manhã, impõe que a gigante de semicondutores tenha de pagar o valor mais alto de sempre em processos relacionados com práticas anti-concorrenciais, que ultrapassa a multa aplicada à Microsoft de 899 milhões de euros, mais elevada até agora.

 

De acordo com a Comissão Europeia, a multa aplicada à Intel tem em conta as receitas da empresa no mercado de processadores na zona económica europeia, bem como as receitas globais, que em 2007 atingiram os 27 mil milhões de euros.

 

Igualmente determinante na decisão foi a duração e gravidade das violações da lei da concorrência, que decorreram durante os últimos cinco anos.

 

Em causa, estavam práticas anti-concorrenciais por parte da Intel, nomeadamente incentivos financeiros concedidos a fabricantes que excluam a sua rival Advanced Micro Devices do mercado europeu.

A Intel já reagiu ao anúncio desta multa informando que pretende recorrer da decisão da Comissão Europeia.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)