Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Isabel dos Santos garante que "60% do financiamento da CGD está amortizado"

Empresária angolana reagiu à notícia do CM sobre o empréstimo concedido pela CGD para a compra de ações da antiga Zon.
25 de Maio de 2019 às 12:35

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) financiou a empresária angolana Isabel dos Santos em 125 milhões de euros para comprar ações da Zon – atualmente Nos. O financiamento ocorreu no final de 2009 e mereceu um parecer condicionado da Direção Geral de Risco, noticia este sábado o Correio da Manhã.

Isabel dos Santos já reagiu, através da rede social Twitter, salientando que o valor dos ativos é bastante superior ao financiamento concedido. Além disso, sublinha, 60% da dívida está amortizada.

"60% amortizado e todos pagamentos em dia", salienta a empresária através deum tweet. "Atualmente, o valor das ações da NOS que servem de colateral têm um valor de mercado cerca de 10 vezes superior ao valor líquido do financiamento", acrescentou.

 

O empréstimo de 125 milhões de euros serviu para comprar ações da Zon, sendo que uma das parcelas (2% do capital) estava nas mãos da própria CGD. A restante participação ere detida pela Zon e pela Cinveste, adianta o Correio da Manhã.

O financiamento foi autorizado pela Direção Geral de Risco do banco estatal, mas foi recomendado que a operação fosse realizada através de um sindicato bancário, o que acabou por não acontecer.

Atualmente Isabel dos Santos detém, em parceria com a Sonaecom, 52,15% do capital da Zon, através da Zopt.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)