Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

João Rendeiro mantém vínculo à Função Pública

Nasceu no seio de uma família de classe média, mas desde os tempos de escola que convive com algumas das mais importantes famílias do País. Votou algumas vezes no PSD, mas muitas mais no PS. João Rendeiro, o homem que fundou e lidera o Banco Privado Português (BPP), entrou no Estado através de um emprego no Ministério da Indústria e nunca abandonou a ligação.
27 de Novembro de 2008 às 00:30
O presidente do BPP apresentou o livro num momento de dificuldades
O presidente do BPP apresentou o livro num momento de dificuldades FOTO: Tiago Sousa Dias

"Iniciei, assim, o meu vínculo à Função Pública, que, aliás, ainda hoje se mantém – pedi uma licença sem vencimento de prazo indeterminado", revela no livro: ‘João Rendeiro – Testemunho de um Banqueiro’.

Com o BPP em dificuldades, o Banco de Portugal deverá assumir provisoriamente a gestão do banco, num modelo em que bancos privados deverão ceder empréstimos à instituição, revelou ontem o ‘Diário Económico’. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)