Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Juros já passam 7%

Os juros da dívida pública portuguesa dispararam ontem quase 40 pontos-base no prazo a 10 anos, ultrapassando a barreira dos 7 por cento, apenas momentos depois de o Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público (IGCP) ter anunciado que vai emitir Obrigações do Tesouro na próxima quarta-feira.
7 de Janeiro de 2011 às 00:30
Teixeira dos Santos vai novamente ao mercado para financiar o Estado
Teixeira dos Santos vai novamente ao mercado para financiar o Estado FOTO: Vasco Neves

Segundo as taxas genéricas da Bloomberg, os juros da dívida a 10 anos tocaram nos 7,03 por cento, por volta das 16h30.

Ontem, o IGCP anunciou que o Estado irá ao mercado no dia 12 de Janeiro, próxima quarta-feira, para um leilão de uma Obrigação do Tesouro com um juro indicativo de 3,6 por cento e com maturidade em Outubro de 2014, e outra com juro indicativo de 4,8 por cento, com maturidade em Junho de 2020.

O montante indicativo global fixado pelo instituto que gere a dívida pública portuguesa está entre os 750 milhões e os 1,25 mil milhões de euros, estando o montante mínimo fixado em 300 milhões de euros para cada linha.

Em simultâneo, com a subida dos juros verificada ontem, os Credit Default Swaps tocaram em máximos de Novembro, espelhando o risco atribuído à dívida portuguesa e o diferencial (spread) em relação à dívida alemã, que estava em máximos de um mês.

JUROS DÍVIDA ESTADO GOVERNO TEIXEIRA DOS SANTOS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)