Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Lesados dos selos protestam

Foram de toda a Espanha para o ‘coração’ da capital financeira espanhola para protestar contra o Estado. Mais concretamente contra o alheamento das instituições perante as actividades da Afinsa e do Fórum Filatélico que deixaram milhares de espanhóis sem poupanças e, em muitos casos, sem reformas.
25 de Junho de 2006 às 00:00
Os lesados saíram ontem à rua em Madrid
Os lesados saíram ontem à rua em Madrid FOTO: Ballesteros, Epa
Aos gritos de “onde está o nosso dinheiro” e “não vos deixeis enganar o Governo sabia de tudo”, os manifestantes cortaram várias ruas da capital espanhola entre a estação de Atocha e a Cibeles.
Convocada por onze organizações de consumidores de várias regiões do país, a manifestação terminou em frente ao Banco de Espanha, onde foi lido um manifesto.
O porta-voz da plataforma dos afectados pelos casos Afinsa e Fórum Filatélico, Diego Sánchez, criticou as associações de consumidores que prometerem ajuda jurídica gratuita, e agora exigem remuneração para os processos de indemnização.
Sob o lema “Catástrofe Social, Solução Já”, os manifestantes acusam as autoridades espanholas, como o Banco de Espanha, a Comissão Nacional de Valores Mobiliários e a Audiência Nacional, de nada terem feito, responsabilizando-os da alegada fraude que envolveu duas empresas de comercialização de selos.
Nesse sentido, querem também soluções para o caso, que atingiu milhares de espanhóis e portugueses, já que as duas empresas também actuavam em Portugal.
Esta é já a segunda manifestação este mês em Madrid, depois de uma marcha de protesto no passado dia 3, em que participaram cerca de 2500 pessoas.
Nesse dia, os manifestantes deslocaram-se até à Câmara de Deputados para exigir soluções que permitam aos lesados recuperar as poupanças entregues à Afinsa e ao Fórum Filatélico.
Em Portugal, a Deco já recebeu mais de 1000 queixas e encontra-se a a reunir documentação sobre as duas empresas, tendo já manifestado intenção de avançar com uma acção popular contra a Afinsa e o Fórum Filatélico.
Também os trabalhadores das duas empresas deverão entrar com uma acção judicial.
Ver comentários