Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Limitar margens de combustíveis pode levar ao fecho de empresas de menor dimensão

Autoridade da Concorrência comenta a proposta de lei sobre a criação de limites de comercialização para os combustíveis.
Lusa 21 de Setembro de 2021 às 11:54
Combustíveis
Combustíveis
A Autoridade da Concorrência (AdC) considera que a proposta de lei do Governo para limitar as margens de combustíveis poderá distorcer as condições de concorrência no mercado e penalizar as empresas de menor dimensão, levando ao seu fecho.

O parecer da AdC faz comentários à proposta de lei n.º 109/XIV/2ª sobre a criação da possibilidade de fixação de margens máximas de comercialização para os combustíveis simples e GPL em garrafa, aprovada na sexta-feira na generalidade no parlamento, com votos contra do CDS-PP, Chega e Iniciativa Liberal e abstenção do PSD.

"A imposição de um limite máximo a um nível artificialmente baixo, que não permita aos operadores recuperarem os custos de fornecimento, poderá ter um impacto negativo nos investimentos e manutenção dos ativos e potenciar a saída de operadores, em particular de menor dimensão, com impacto na capilaridade da rede de postos e na concorrência", refere o parecer enviado à Assembleia da República, publicado na página da AdC.

Autoridade da Concorrência AdC Governo economia negócios e finanças Informação sobre empresas
Ver comentários