Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Lisboa: 172 casas ocupadas ilegalmente

A Gebalis, empresa que gere os bairros municipais de Lisboa, tem actualmente 18,3 milhões de euros de rendas em atraso e 172 fogos ocupados abusivamente, acusa o vereador do CDS-PP, António Carlos Monteiro.
17 de Junho de 2010 às 17:17
Gebalis tem 18,3 milhões de euros de rendas em atraso
Gebalis tem 18,3 milhões de euros de rendas em atraso FOTO: Natália Ferraz/CM

O autarca garante ainda ter conhecimento de beneficiários de habitações sociais que estão a cumprir pena de prisão ou que estão presos preventivamente, pelo que nestes casos há mesmo fogos que acabam por ficar devolutos.

“Estes bairros não podem servir de abrigo a criminosos”, defende António Carlos Monteiro, lembrando que há, neste momento, uma extensa lista de espera para a atribuição de casas a pessoas que foram ordenadas por ordem de prioridade face à gravidade da sua situação.

Com base nestes dados, António Carlos Monteiro deu esta quinta-feira entrada com um pedido de informação escrita na Câmara Municipal de Lisboa para conhecer melhor a gestão que está a ser feita pela Gebalis.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)