Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Lojas da Baixa abertas até às 22

O comércio da zona da Baixa de Lisboa deverá alargar o seu horário de funcionamento até às 22h00. A iniciativa é da Agência para a Promoção da Baixa Chiado, organismo que congrega responsáveis da Câmara Municipal de Lisboa, União das Associações de Comércio e Serviços, Associação de Restauração e Similares de Portugal, entre outras entidades.
22 de Outubro de 2006 às 00:00
“A nossa primeira acção ocorrerá no dia da inauguração das iluminações de Natal. Vamos promover aquilo a que chamaremos a ‘sexta-feira longa’, com as lojas da Baixa a encerrarem às 22h00”, afirmou ao Correio da Manhã António Amaral, director executivo da Agência Baixa-Chiado.
O horário alargado deverá começar em meados de Novembro, prolongando-se por todo o mês de Dezembro.
“O sucesso desta iniciativa depende da adesão dos comerciantes”, acrescenta aquele responsável, que adiantou que cabe aos comerciantes da Baixa “quebrar o círculo vicioso que faz com que o comércio não abra por falta de clientes e que estes não existam por falta de lojas abertas”.
“O nosso objectivo é que o comércio na Baixa esteja aberto por mais tempo. E vamos fazer isso por fases; em primeiro lugar vamos sensibilizar os comerciantes para não fecharem à hora de almoço, de seguida vamos tentar prolongar o horário de funcionamento até mais tarde, tentar abrir aos sábados durante todo o dia e, finalmente, aos Domingos”, refere António Amaral.
Outra das iniciativas da Agência passa por dar descontos nos parques de estacionamento, para os clientes que façam compras acima de determinado valor. “Temos cinco mil lugares de estacionamento na Baixa e já temos um acordo de princípio com todos os concessionários”, diz António Amaral, acrescentando que, “estamos a estudar uma forma de oferecer descontos aos clientes, através da oferta da primeira hora de estacionamento ou de um ‘voucher’ no valor total da despesa”.
Potenciando esta iniciativa, e dentro do lema da Agência ‘venha à Baixa a pé’, estão a ser estudadas condições especiais para o estacionamento naquela zona de Lisboa. “A maior parte dos utentes dos parques de estacionamento são trabalhadores do sector dos serviços, que abandonam os lugares ao final da tarde. Esse espaço pode ser rentabilizado através de tarifas especiais para o final do dia ou para os fins-de-semana”. Uma iniciativa que pode avançar já em Novembro.
INICIATIVAS
SALDOS
A marca Baixa-Chiado será potenciada em épocas especiais como o Natal e os saldos, através de sacos de plástico que, de um lado terão o nome da loja e do outro o logotipo da marca.
SEGWAY
Para aumentar a segurança na zona da Baixa, a Agência quer contratar equipas de vigilância que utilizarão um Seegway (viatura multifunções de duas rodas) para se deslocar.
CARTÃO
Será lançado em 2007 um cartão com a marca Baixa-Chiado. Numa primeira fase irá funcionar como um cartão de fidelização, para depois passar a funcionar com um cartão financeiro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)