Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

Lucro da REN sobe 16,5% para 91,6MEuro até setembro

Na base desta subida esteve a diminuição dos custos financeiros e ainda a venda da participação da REN na Enagás.
13 de Novembro de 2015 às 17:49
O presidente da Comissão Executiva das Redes Energéticas Nacionais (REN) Rodrigo Costa
O presidente da Comissão Executiva das Redes Energéticas Nacionais (REN) Rodrigo Costa FOTO: José Sena Goulão/Lusa

O lucro da REN atingiu os 91,6 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, um aumento de 16,5% face ao período homólogo, anunciou esta sexta-feira a gestora das redes energéticas.


Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa liderada por Rodrigo Costa explicou que, excluídos os fatores não recorrentes, o lucro caiu 11,9% para os 93,3 milhões de euros até setembro, quando comparado com o período homólogo.

Na base desta subida esteve a diminuição dos custos financeiros e ainda a venda, no primeiro trimestre, da participação da REN na Enagás, por 20,1 milhões de euros. Por outro lado, os resultados até setembro foram penalizados pela contribuição extraordinária sobre o setor energético.

O EBITDA (lucro antes de juros, impostos, apreciações e amortizações) situou-se nos 372,3 milhões de euros, uma diminuição de 1,9% face ao período homólogo, penalizado pelas mudanças na regulação e pela redução da taxa de juro soberana.

Nos primeiros nove meses, o investimento ascendeu a 145,8 milhões de euros, um aumento de 110,3% motivado pela aquisição das duas cavernas de gás da Galp Energia.

REN Comissão do Mercado de Valores Mobiliários CMVM economia negócios e finanças energia bolsa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)