Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Lucros do BCP caem 64,3 por cento

Os lucros do Millennium BCP caíram 64,3 por cento em 2008, atingindo os 201,2 milhões de euros. O banco, liderado por Carlos Santos Ferreira, foi o mais penalizado em termos de quebra de resultados.

18 de Fevereiro de 2009 às 00:30
Carlos Santos Ferreira
Carlos Santos Ferreira FOTO: Manuel de Almeida, Lusa

Esta descida foi muito influenciada pela alienação da participação de 9,69 por cento no Banco Português de Investimento (BPI). O BCP perdeu 232,6 milhões com a venda da participação no banco de Fernando Ulricht.

Apesar dos resultados, o banco vai pagar um dividendo de 1,7 cêntimos por acção.

Entretanto, Manuel Fino, um dos accionistas de referência do BCP, vendeu 9,585% da Cimpor à Caixa Geral de Depósitos (CGD) no âmbito de um acordo de reestruturação da dívida que contraiu junto do banco público para comprar acções do BCP. O negócio foi feito a 4,75 euros por acção, 25% acima do valor de mercado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)