Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Lucros do BPI caem 10% para 45 milhões

O resultado líquido do Banco BPI caiu 9,9 por cento, em termos homólogos, para 45,1 milhões de euros, nos primeiros três meses do ano, anunciou esta sexta-feira o banco liderado por Fernando Ulrich, num comunicado enviado à CMVM.
23 de Abril de 2010 às 18:07
Fernando Ulrich, presidente do BPI
Fernando Ulrich, presidente do BPI FOTO: agências

Já o produto bancário diminuiu 11,2 por cento em relação ao trimestre homólogo, enquanto os custos baixaram quase quatro por cento em termos consolidados, baixando 4,3 por cento no mercado português.  

O activo total consolidado do grupo cresceu quase 16 por cento, face a igual período do ano passado, lê-se no documento disponibilizado na Comissão  do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).  

Os recursos totais de clientes subiram perto de um por cento, enquanto os recursos de clientes fora do balanço aumentaram 25 por cento, em termos  homólogos.  

"Se a referência for o orçamento do banco, esperávamos melhor. Se for meados deste trimestre, fomos constatando que iria ser difícil atingir os  resultados que tínhamos perspetivado", salientou Fernando Ulrich, no decorrer da apresentação dos resultados do banco no Porto.  

O crédito a clientes registou uma subida homóloga de 3,1 por cento, com um crescimento de 3,5 por cento no mercado doméstico e com uma queda de 4,7 por cento no Banco Fomento Angola (BFA), apesar da subida de 20 por cento do número de clientes do banco angolano, que ascende agora a 700 mil. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)