Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Lucros do BPI recuam 86%

Os lucros do Banco BPI caíram 86,2 por cento, nos primeiros nove meses, para 34,4 milhões de euros. A queda é explicada em parte pelo impacto negativo de 177 milhões de euros da participação financeira no BCP.
24 de Outubro de 2008 às 17:46
Fernando Ulrich preside ao BPI
Fernando Ulrich preside ao BPI FOTO: d.r.

Os lucros do banco liderado por Fernando Ulrich caíram mais do que esperado pelo mercado, que apontava um lucro de 59,66 milhões de euros.

Excluindo o impacto negativo da participação no BCP, o lucro seria de 211,4 milhões de euros, a que corresponde um lucro líquido de 26 cêntimos por acção e uma rendibilidade de capitais próprios de 16,9 por cento.

A 30 de Setembro, o BPI reduziu a sua participação no BCP de 2,2 para 0,8 por cento.

MAIS 303 MIL NOVOS CLIENTES

Em contrapartida, o BPI anunciou à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários a captação de 303 mil novos clientes, dos quais 168 mil em Portugal e 135 em Angola.

A actividade doméstica da banca comercial contribuiu 84,1 milhões de euros para o lucro consolidado, a banca de investimento alcançou os 9,6 milhões de euros e a actividade internacional foi a que teve maior peso, ao contribuir com 99,3 milhões de euros.

Ver comentários