Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Maior subida da Cofina

As acções da Cofina foram as do PSI 20 que mais se valorizaram na sessão de ontem: 1,89 por cento, para 3,23 euros. Os papéis, beneficiando de uma recomendação de compra por parte do BPI anteontem, também tiveram um volume negociado extraordinário: mais de 649 mil.
19 de Novembro de 2005 às 00:00
Maior subida da Cofina
Maior subida da Cofina
Na segunda posição das subidas, ficou a PTM, que fechou a 9,64 euros, mais 1,37 por cento. Seguiu-se a PT, que ganhou 1,3 por cento, para 7,82 euros.
Dos outros pesos-pesados, a EDP progrediu 0,42 por cento, para 2,39 euros, enquanto o BCP caiu quase um por cento, para 2,13 euros, impedindo o PSI 20 de ir além do ganho de 0,11 por cento.
Os principais índices europeus tiveram valorizações superiores, renovando máximos dos últimos três anos a meio da sessão. Mas perderam força após o presidente do Banco Central Europeu ter dito que as taxas de juros vão aumentar na Eurolândia.
Dos títulos cotados no PSI 20, o BPI teve a maior quebra. A instituição financeira presidida por Fernando Ulrich, com mais de 2,1 milhões de títulos transaccionados, desvalorizou-se 1,33 por cento, para 3,7 euros. Na terceira posição, após o BCP, ficou a Jerónimo Martins (menos 0,87 por cento, para 12,6 euros).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)