Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Maior taxa de desemprego desde os anos 30

A taxa de desemprego da Alemanha cresceu para o nível mais elevado desde 1933, em Janeiro, depois de terem dado entrada na segurança social 227 mil novos pedidos de subsídio de desemprego.
2 de Fevereiro de 2005 às 12:12
O número de pessoas desempregadas ascendeu um total de 4,71 milhões, em Janeiro, anunciou hoje a agência de trabalho da Alemanha.
O governo do Chanceler Gerhard Schroeder fez alterações ao mercado de trabalho com o objectivo de aumentar o número de trabalhadores da maior economia da Europa. Mesmo antes das alterações no mercado, o desemprego cresceu durante 11 meses consecutivos, com as empresas a transferirem os serviços para países cujos custos laborais são mais baixos e com a procura interna a estagnar e a afectar novas contratações.
Recorde-se que o desemprego aumentou em Dezembro para 8,9 por cento na Zona Euro, contra os 8,8 verificados no mês de Novembro, fixando-se no valor mais alto atingido nos últimos nove meses, segundo anunciou, esta terça-feira, o Gabinete de Estatística da União Europeia (Eurostat). No passado mês de Dezembro a Alemanha foi um dos países da zona euro que registou maior número de desempregados.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)